Dia Nacional de Combate ao Fumo – Exercícios ajudam a abandonar o cigarro

*por: Comunicação Inspirar

Dia 29 de agosto é conhecido como o Dia de Combate ao Fumo. E, para quem não sabe, o exercício é um grande aliado para os que desejam esquecer de vez o cigarro e melhorar a saúde.

Isso acontece porque a atividade física libera dopamina no cérebro, assim como fumar, ajudando a reduzir o vício no cigarro. “Os neurotransmissores liberados durante o exercício fazem a pessoa se sentir bem, satisfeita. Outro incentivo é que o praticante quer melhorar o desempenho na atividade física, e isso só é possível largando o cigarro”, explica Diego Suzuki, educador físico da Bodytech Crystal.

A atividade auxilia também na perda de peso, já que quando se para de fumar, o ex-fumante recupera parte do paladar, sentindo mais “gosto” pelos alimentos, mais vontade de comer, e, por consequência, acaba engordando.

Outros benefícios para quem larga o cigarro:

  • A chance de ataque cardíaco é 70% maior em fumantes do que em não fumantes. Em apenas um dia, o risco de ataque cardíaco já começa a cair. Depois de um ano sem fumar, o risco de doenças cardíacas é reduzido em 50%.
  • Ao parar de fumar, o fluxo do corpo do sangue melhora, fazendo com que a sensibilidade melhore junto. Homens que largam o vício podem ter melhores ereções, e as mulheres têm a libido aumentada.
  • Depois de duas semanas sem cigarro, o ex fumante consegue se exercitar e realizar atividades físicas sem se sentir cansado ou sem fôlego. Isso acontece graças aos processos regenerativos que começaram a ocorrer dentro do corpo: os pulmões começam a ficar mais claros. Na maioria dos fumantes, os sintomas de abstinência começam a desaparecer cerca de duas semanas após largar o cigarro.
  • Após dois meses a tosse aparece com menos frequência, o sistema imunológico começa sua recuperação, fazendo com que o corpo combata com mais intensidade as infecções.