“FISIOTERAPIA OCULAR” É UM DOS MERCADOS MAIS RECENTES DA FISIOTERAPIA, NO BRASIL

Estamos no início de uma longa luta para o reconhecimento de uma nova especialidade na nossa área: FISIOTERAPIA OFTÁLMICA. Desde 2007 nos foi dado a oportunidade de trabalharmos com na área da Oftalmologia através das seguintes portarias do Ministério da Saúde assinada pelo Ministro Gomes Temporão:

Nº 2.916 – 13 de novembro de 2007

Procedimento x CBO (Classificação Brasileira de Ocupações): Código 223605

Art. 5º – Incluir, na Tabela SIH e SIA/SUS, o tipo de Ato: 58 – Fisioterapia (Especial).

FO – 18.063.00-4: Assistência fisioterapêutica em oftalmologia

Procedimento – 18.063.01-2: Atendimento fisioterapêutico de paciente com alterações oculomotoras centrais com comprometimento sistêmico

Procedimento – 18.063.02-0: Atendimento fisioterapêutico em paciente com alterações oculomotoras periféricas

Nº 3.128 – 24 de dezembro de 2008: Ref. Portaria GM 793 e GM 835 de abril de 2012:

Diretrizes para tratamento e reabilitação/habilitação de pessoas com baixa visão e cegueira:

Fo – 03.01.07.015-6: Avaliação Multiprofissional em Deficiência Visual.

Fo – 03.01.07.016-4: Atendimento / Acompanhamento em Reabilitação Visual.

Fo – 03.01.07.014-8: Treino de Orientação e Mobilidade

A primeira Portaria nos habilita a tratar de pacientes com distúrbios oculomotores centrais e periféricos, ambos decorrentes de desalinhamento dos eixos visuais causando desequilíbrio na visão binocular de fusão, levando o indivíduo a sofrer com os seguintes sintomas:

1º caso – diplopia e distúrbios posturais cervicais – ocasionados por paralisia/paresia de III, IV ou VI nervo cranianos de causa traumática, neurológia, vascular, infecciosa ou inflamatória e estresse.

2º caso – desconforto visual relacionado à leitura: cefaleia, dores nos olhos, visão borrada, sonolência, lacrimejamento, tontura, irritação ocular e desequilíbrio postural – ocasionados por uso excessivo da visão nos terminais de computação, fadiga física e mental e estresse.

A segunda portaria entende-se por Serviço de Reabilitação Visual que realiza diagnóstico terapêutico especializado e acompanhamento com equipe multiprofissional constituindo-se do Fisioterapeuta, Oftalmopediatra, Terapeuta Ocupacional, Psicólogo e Pedagogo como referência em habilitação e reabilitação de pessoas com deficiência visual. O Fisioterapeuta é peça fundamental nesta equipe, pois irá auxiliar no desenvolvimento global associando o sistema motor com o sistema visual. Temos o conhecimento que o ser humano inicia seu desenvolvimento visual com o nascimento e tem sua maturação por volta dos sete anos e que este sistema é responsável pela evolução da criança nas relações afetivas, cognitivas, motoras e posturais. Indivíduos que nascem com visão subnormal ou cegueira, ou mesmo que perdem a visão tardiamente, tem sua funcionalidade visual afetada e necessitam de auxilio com estimulação visual, habilitação/reabilitação na utilização do resíduo visual e treino de Orientação e Mobilidade para se tornar independente e participar da vida social.

Portanto é de fundamental importância que continuemos aderindo à luta pela especialização na área da Oftalmologia junto com nosso Conselho Federal de Fisioterapia, bem como a inserção de disciplina de FISIOTERAPIA OFTÁLMICA na graduação.

FONTE: Fisioteraloucos

Ficou interessado pela Fisioterapia Ocular? Conheça o curso Formação em Reabilitação Ocular da Faculdade Inspirar.

Acesse https://goo.gl/HoVIx4

7 Comments

  1. Hernany Rafhael Alves 04/05/2016 at 8:38 pm

    Tem curso? Especialização? Congresso?

  2. Boa tarde! gostaria de indicação de algum profissional que atenda em BH. tenho um filho de 3 anos e meio que tem estrabismo.

    • Olá Junia,
      Infelizmente em Belo Horizonte não temos ninguém para indicar. Desejamos sucesso na sua busca por um excelente profissional.

  3. Boa tarde! gostaria de indicação de algum profissional que atenda em salvador

  4. Gostaria de encontrar um profissional que atenda online ou em Curitiba.

    • Olá Solyane,

      Pelo que sabemos nossos professores atendem apenas em clínicas. Caso você queira procurar pelo Denis Rafael Graciotto, fique a vontade.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*