Moxa: Terapia com ervas quentes ajuda a relaxar e aliviar dor

O uso da moxa amplia os efeitos da acupuntura e outras terapias corporais.

Seu terapeuta usa ou já indicou moxa durante uma sessão de acupuntura? Se sim, parabéns! A moxa é um excelente complemento para qualquer terapia corporal, inclusive a acupuntura, que consiste em queimar um composto de ervas secas sobre a pele ou próxima a ela. Essa técnica não é novidade, já que há aproximadamente quatro mil anos, as técnicas de aquecimento eram feitas, só que ao invés de ervas, eram usadas pedras quentes. As pedras emitiam “raios vermelhos curadores” (infravermelho) que promoviam o relaxamento e o alívio da dor.

Com a evolução da técnica, as pedras foram substituídas pela moxa, que tem como principal matéria prima uma erva chamada popularmente de Artemísia (Artemísia vulgaris). Os chineses acreditavam que essa erva possui propriedades tonificantes, por ser uma planta que se sobressai sobre outras nas regiões em que é plantada.

Aplicações

A aplicação da moxa pode ser feita de maneira direta ou indireta. A direta é menos utilizada no ocidente, pois consiste em queimar a Artemísia diretamente sobre a pele do cliente, havendo o risco de lesões por queimadura. Mesmo que pareça estranho, apesar da técnica direta deixar cicatriz, ela é extremamente eficiente quando utilizada para tratamento de desordens crônicas e por isso é bastante usada no oriente.

A moxa indireta é mais popular no ocidente. Ela consiste em queimar um bastão de Artemísia próximo a pele, sem tocá-la diretamente. Para conseguir manter uma distância segura da pele do paciente e conseguir um resultado eficaz, o terapeuta mede a intensidade do calor com os dedos, respeitando o limite do cliente.

A moxa tem efeito em nosso corpo porque o aquecimento da pele tem um efeito subcutâneo, que leva oxigênio através do aumento da circulação sanguínea, fortalece os tecidos e promove o relaxamento e descontração da musculatura.

Não devemos esquecer que a moxa atua como um estímulo mais intenso do que as agulhas de acupuntura. O estímulo da moxa promove a circulação de energia nos canais e colaterais. Esses canais são uma espécie de circuito “bio-elétrico” do corpo e a sua circulação determina se uma pessoa está saudável ou não, conforme a Medicina Tradicional Chinesa.

Fonte: Minha Vida